domingo, 1 de maio de 2011

O jogo teatral- exercícios de improvisação turmas I e II

Segundo Viola Spolin o jogo dramático é diferente de uma encenação teatral porque:


• É informal

• Não respeita rigidamente um roteiro

• Não exige presença de público

É considerado um treinamento para a vida e para a prática teatral e tem objetivos pedagógicos.

O jogo dramático é improvisado e trabalha-se usando os elementos da linguagem teatral:

FOCO (ponto de concentração/o objetivo principal da ação)

ONDE (cenário/ambiente)

O QUE (ação dramática)

QUEM (personagem)



Recortes de matérias de revistas geraram temas para improvisações, primeiro em duplas, depois em grupos.



"O teatro não só oferece exercícios práticos da maior importância para
atores profissionais, mas também para o homem comum, como meio de
desentorpecer o corpo e a mente dos condicionamentos da vida atual e de
ter acesso a essa elevada forma de expressão coletiva que é o TEATRO."

(Augusto Boal)




A importância do jogo teatral está em apresentar as seguintes características:
• O caráter lúdico.
• Jogo como expressão simbólica.
• Espaço de autoexpressão e de relação com o outro.
• Jogar pelo prazer de jogar.
• A regra.
• Espaço de exploração da criatividade e da imaginação.
• Aprender fazendo.
• Meio de desenvolvimento pessoal – emocional, psicológico, social.

"Improvisação: jogar um jogo; predispor-se a solucionar um problema sem qualquer preconceito
quanto à maneira de solucioná-lo; permitir que tudo no ambiente (animado ou inanimado) trabalhe para você na solução do problema; não é a cena, é o caminho para a cena; uma função predominante do intuitivo; entrar no jogo traz para pessoas de qualquer tipo a oportunidade de aprender teatro; é “tocar de ouvido”; é processo, em oposição a resultado; nada de invenção ou de originalidade ou de idealização; urna forma, quando entendida, possível para qualquer grupo de qualquer idade; colocar um objeto em movimento entre os jogadores como um jogo; solução de problemas em conjunto; a habilidade para permitir que o problema da atuação emerja da cena; um momento nas vidas das pessoas sem que seja necessário um enredo ou estória para a comunicação; uma forma de arte; transformação; produz detalhes e relações com um todo orgânico; processo vivo."
( Viola SPOLIN- 2003, p.341)



video





video



video


E por hoje só faltou postar o nosso:


BEM VINDA AO GRUPO JAQUELINE!!!!!




video


Evoé

Nenhum comentário: