quarta-feira, 30 de abril de 2008

CAMPEONATO RELÂMPAGO DE VÔLEI NA EMEF CLÁUDIO MANOEL DA COSTA


jogadores da 8ª D, depois da vitória contra a 8ªE

Aconteceu no dia 10 de abril o campeonato de volei organizado pela professora Rosangela M. Santos, na quadra da escola, entre os alunos dos quartos anos - ciclo II.

O quarto ano D, vencedor da chave A foi para a final com o quarto ano E, vencedor da chave B.
O quarto ano D foi a equipe vencedora. Foi uma disputa acirrada e prevaleceu a melhor técnica.
O jogo foi movimentado, com uma grande torcida. E, apesar de alguns atritos, houve um bom comportamento entre as torcidas.
A equipe campeã, quarto ano D, contou com os seguintes jogadores: Anna Victoria, Diogo, Monique, Géssika, Pedro Allan, Pedrinho.
A equipe vice-campeã, quarto ano E, contou com os seguintes jogadores: Allyson, Mayara, Grazielle, Maike, Felipe e Marina.
O artilheiro do campeonato (com 41 pontos) foi Diogo Henrique, que recebeu medalha de maior pontuador e a melhor jogadora foi Anna Vicctoria.
A equipe campeã recebeu medalha de ouro, pela professora Rosângela.
(Reportagem feita por: Tayla e Mariane)

quinta-feira, 17 de abril de 2008

E a estréia foi um sucesso!!!!


Hoje vou utilizar esse espaço para parabenizar a todos os grupos que se apresentaram até agora pela criatividade ao resolver a cenografia com elementos simples e objetos da própria escola.

Gostei do empenho e da dedicação de todos.

Vamos lá... que tem mais!!!!

(Ana Toséti - apresentação das peças baseadas em crônicas - adaptações das 7ª séries A, B e C)





quarta-feira, 16 de abril de 2008

O "CLÁUDIO" NO COMBATE À DENGUE

No sábado, dia 5 de abril, a EMEF Cláudio Manoel da Costa abriu os portões e a comunidade pôde acompanhar as atividades de combate à dengue. Houve exposição de trabalhos dos alunos, teatro, musical (danças ) e outros.
















Alunos do 1º turno e a professora Ana Maria Fernades (ciências -4º ano do ciclo II ) pesquisaram na internet sobre o mosquito aedes aegypti. Fizeram em grupo inspeção em diversos locais da escola, bosque, jardim etc, à procura de possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue.
A campanha deverá se estender entre os moradores do bairro, ou seja, entre os vizinhos dos alunos, assim, eles prometeram.
Os alunos e a professora, com esta atividade de campo, mostraram que é possivel sair da sala de aula e visitar outros espaços, o que torna as aulas mais interessantes e significativas.

Relato do Professor Miguel Evangelista Régis.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

TV CULTURA NA NOSSA ESCOLA

Olá colegas do "Claudio"!
Olá Ana Maria Toseti!
Enfim, estou dando meus primeiros passos neste novo canal de comunicação que você corajosamente criou para que nós, os professores, pudéssemos divulgar as experiências pedagógicas. E são tantas na nossa escola! Não é mesmo?
Vou contar sobre a TV Cultura.
A TV Cultura, a pedido da Secretaria Municipal de Educação de SP, gravou uma atividade: "notícia televisiva X Notícia de jornal impresso", no dia 1º de abril em minha aula de português
com alunos do 4º ano ciclo II (8ª série).
A atividade:
- Os alunos foram motivados a assistir ao noticiário televisivo e a anotar tudo o que fosse possível;
- no dia seguinte, em grupo, o dia da gravação, deveriam escolher as mesmas notícias publicadas em jornais impressos postos à sua disposição pelo pessoal da SME para comparar as linguagens utilizadas pelos dois veículos de comunicação.
E o que aconteceu?
Técnicos do Canal II instalaram seus equipamentos na sala de leitura do "Cláudio" e gravaram por duas horas alunos selecionando notícias de TV, lendo e recortando notícias de jornais impressos, discutindo as manchetes, etc.
Alguns assuntos que correram soltos: pedofilia, a epidemia da dengue no Rio de Janeiro, a morte da Isabela que fora jogada do 6º andar e tantos outros...
Foi uma experiência maravilhosa.
Quem narrou esta experiência: Prof. Miguel Evangelista Régis

É importante que outras atividades sejam divulgadas.

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Pra essa galerinha, se jogar no chão não é problema

"A leitura é um processo complexo que envolve desde a percepção dos sinais gráficos e sua tradução em som ou imagem mental até a transformação dessa percepção em idéias, provocando a geração de inferências, de reflexões, de analogias, de questionamentos, de generalizações, etc."

(Coscarelli)

Esse um dos grupos da 7ª A









e esse é da 7ª C



e aqui é um grupo da 7ªB




E pensar que tudo começou com a leitura de crônicas de vários autores como Luis Fernando Veríssimo, Walcyr Carrasco, Lêdo Ivo , Affonso Romano de Sant'Anna e outros tantos. Depois de tanto procurar-ler, a turminha encontrou os textos possíveis de serem adaptados para o teatro e aí começou a brincadeira: reescrevê-los omitindo, ou diminuindo, as partes narradas.



Após um mês de caminhada, os ensaios vão que vão!! Oba!!!

Aqui ninguém tem medo de pagar mico não, o negócio é se entregar pra valer nos ensaios e repetir repetir repetir....



Agora é só ensaiar bastante para não fazer feio no dia da apresentação!!!
Eis o desafio: Como "traduzir" para uma encenação as idéias e fatos contidos numa crônica, como transformar uma narrativa num texto teatral?












Prof. Ana Maria Toséti - Língua Portuguesa